Home Contato Moto Grupo

           
:: MENU
www.motos.pro.br Página:  01 - 02 - 03 - 04  
 :: CB 400 / 450
 :: DIVERSOS
SIDE CAR - Parte 4 de 5:



SIDE CAR - Parte 4 de 5.

Dirigindo o side Car:

 

Dirigir uma moto com side car pode ser mais difícil do que imaginamos, por isso é importante escolher bem o tipo de fixação. O side car que não permite a inclinação da moto é mais fácil de manobrar em garagens apertadas e em baixas velocidades. é ideal para o uso urbano, pois você não se preocupa em deixar a moto cair.

 

Um side car que permite a inclinação da moto é mais confortável de dirigir e não muda tanto a forma de pilotar e permite desgaste mais uniforme do pneu, que não vai ficar tão quadrado, mas é muito mais perigoso para quem não está acostumado, pois a inclinação da moto para o lado do side car fica reduzida. Impedindo de fazer certas manobras e a reação natural do motociclista corrigir o trajeto costuma ter o efeito contrário do esperado (virar o guidon no sentido contrário da curva para usar o contra esterço).

 

Em qualquer um dos tipos de fixação o motociclista deve ter especial atenção nas curvas que podem ficar mais limitadas pela velocidade do que o de costume e nas frenagens. Side cars muito pesados, com dois lugares, por exemplo, precisam de freios próprios que devem ser acionados preferencialmente pelo mesmo sistema da moto, sem que exista redução da eficiência do sistema original. Uma moto com side car pequeno não é tão influenciada pelo side car que normalmente é leve. Como o side car é solidamente fixado ao chassi da moto ele tende a torcer o chassi numa freada, como se a moto sofresse um forte sopro de vento na direita.

 

Outra dificuldade para quem esta dirigindo do side car é o Chime (vibração ao transpor irregularidades no asfalto). Para reduzir este efeito de chime, tanto na freada quanto na transposição de obstáculos e irregularidades na pista é importante a instalação de um amortecedor de direção na moto.



 

Desgaste de Pneus:

 

O desgaste do pneu da moto será afetado pelo uso do side car, um side car que não permite que a moto incline deixará o pneu da moto quadrado. Se o uso do side car for muito intenso é recomendável que use pneus quadrados, como os pneus de carro tanto na moto como no side car. Mesmo quando optar por um side car que permita que a moto incline você notará que o desgaste será maior no centro do pneu. O side car sempre poderá usar pneus quadrados.

 


Alinhamento de um side car com a moto:

 

 

Alinhar o side car não é uma ciência exata, mas envolve tentativa e erro. Essa configuração é um bom ponto de partida é bom ter mais de uma pessoa e talvez alguns cavaletes e um nível de carpinteiro e esquadro na mão antes de começar.

O objetivo é fazer com que o side car não puxe para direita ou esquerda ao acelerar ou frear. Antes de iniciar afrouxe todos os parafusos de fixação, pois um interage com o outro ao fazer ajustes.

side car deve estar nivelado com o peso do motociclista e do passageiro, para isso use o nível de carpinteiro para verificar a inclinação.

Sem o motociclista e o passageiro, a moto deve ficar inclinada para o lado oposto do side car. Em nenhuma circunstância deve ser a moto inclinada em direção ao side car. Quando o motociclista, o garupa e o passageiro do side car estiverem sentados, o peso de todos eles estará forçando a suspensão da moto e do side car para baixo, isto inclinaria naturalmente a moto para a direita (lado do side car). Então, sem o peso de todos os passageiros a moto deve ficar levemente inclinada para a esquerda.

Depois de verificar o nível do side car e inclinação da moto tente chegar nas medidas da figura anterior. é apenas um ponto de partida, é tentativa e erro para tentar conseguir o equilíbrio para que ele não puxe para a esquerda ou direita ao frear ou acelerar. O processo pode ser um pouco frustrante, mas com um pouco de paciência irá conseguir. Depois da primeira vez que será muito mais fácil. Tempo gasto ao alinhar o side car é tempo bem gasto.

 

Outras Matérias

voltar